As pessoas podem e devem mudar

Um dos principais recursos da Internet e das redes sociais é possibilitar que a gente passe vergonha publicamente. E mais ainda se for coisa de anos depois. Quem nunca agradeceu não haver Facebook para registrar suas imbecilidades de 10 anos atrás? Eu sei que você já. Pois bem, todo dia tem uma caça às bruxas… Ler mais »

Deixa incomodar!

Há certas coisas que fazemos, quase instintivamente, um sentimento de proteção, de auto-preservação ou sei lá o que, que na verdade são mais nocivas do que benéficas. Mas a gente segue fazendo. Dia após dia. Uma dessas atitudes é a que eu quero tratar hoje. A nossa velha mania de maquiar os problemas e fingir… Ler mais »

Experiência: cera quente

Esse é um texto bastante pessoal e ele vai abrir uma série de relatos que gostaria de compartilhar por aqui. Por isso, se fez necessária uma introdução. Desconstruindo Desde que comecei a repensar minhas atitudes, minha postura e meu papel no mundo (e já faz bastante tempo), tenho buscado constantemente estar “na pele” do outro… Ler mais »

A arte de (não) dar estimativas furadas

Um homem entra numa alfaiataria para fazer um orçamento. Ele precisa de um traje completo, mas ele gostaria que o profissional utilizasse o material (tecidos, linhas) que ele já possui. Contudo, não sabe dizer qual o formato do material e qual a metragem, se as cores combinam com o traje que ele deseja, quanto tempo… Ler mais »

Para onde vai o seu discurso?

Há alguns poucos anos eu estava em São Paulo em uma reunião de negócios com brasileiros e portugueses e em algum momento falávamos sobre diferenças culturais. Ele me disse uma coisa que eu não havia percebido e não esqueço desde então. Nós Brasileiros sempre temos uma opinião a emitir, mesmo que seja sobre um assunto… Ler mais »

As definições de Sucesso foram atualizadas

Existem momentos de nossas vidas que começamos a avaliar as coisas. Todas as coisas. E não estou falando de “resoluções de ano novo” (que nunca começam de verdade), mas de profundas avaliações internas, reflexões sobre nossas atitudes e sentimentos, o nosso posicionamento durante a vida. Isso geralmente ocorre em momentos de ruptura, de evolução natural… Ler mais »

Natalia Paruz, the SawLady

UPDATE: This interview was translated to portuguese, but you can access the Google Translated page here. A Internet, vez por outra – quando me dou a chance, quando estou aberto a percebê-la de outras maneiras – me surpreende e me encanta. Algumas coisas que acontecem, eu simplesmente não acreditaria se tivessem me avisado 20 anos… Ler mais »

Sobre Gabriel e Eu

Eu estava assim, num bar, com colegas de trabalho (e amigos), comemorando o sucesso de mais uma etapa bacana da empresa em que trabalhamos, devidamente cumprida com louvor. De boa, depois de já ter bebido algumas cervejas e interrompido o plano da noite, que era comemorar o aniversário de uma amiga, há alguns kilômetros dali…. Ler mais »

Sobre a dicotomia que é morar em São Paulo

Esse é um texto sobre alguns temas comuns e recorrentes nas redes sociais por essas bandas, não necessariamente sobre a cidade de São Paulo em si, mas eu não queria colocar um título direto e objetivo, porque não quero gerar flames com “leitores de títulos” aqui neste meu blog. Então, para opinar, se prepare, você… Ler mais »

Antes dos 40

Aos 30 anos acordei com uma decisão: iria sair de Salvador. Por diversos motivos, mas o principal é que eu não me sentia mais cabendo naquela cidade. Precisava de mais, e saí em busca disso, acabando por parar em São Paulo. Hoje, quase 6 anos após ter saído de Salvador, e um pouco mais de… Ler mais »

  • Pessoal

    Eu já fui mais poeta

    Publicado em por

    E mais desenhista. E mais tocador de violão e um tantão de outras coisas “artísticas” que sempre achei que, quando eu crescesse, era o que eu me tornaria. Faz tempo que não desenho com alguma dedicação, apenas rabisco (normalmente durante reuniões). Há tempos eu não escrevo poeticamente, mas de vez em quando mando uns haikai… Ler mais »

  • Miscelânea

    28 lições de vida. De um pai aos filhos, antes de morrer

    Publicado em por

    Paul Flanagan, inglês, professor de gramática, descobriu que tinha mais uns poucos meses de vida, por conta de um câncer. Ao invés de escalar o Himalaia, tomar drogas e fazer uma orgia, decidiu marcar sua presença na vida de seus dois filhos. Escreveu mensagens, gravou vídeos, espalhou fotos, comprou presentes para futuros aniversários, escolheu livros… Ler mais »

  • Miscelânea, Pessoal

    Pitaqueiro, opiniático … e teorético

    Publicado em por

    Eu sou daqueles que tem opinião pra tudo. Dou pitaco mesmo, falo o que penso sobre qualquer tema, mesmo que o meu conhecimento sobre o assunto seja raso (o que quase sempre é, como todo mundo) – mas eu deixo isso claro, não finjo que sou especialista em qualquer coisa. E também não sou do… Ler mais »

  • Pessoal

    Os favelados classe média

    Publicado em por

    Há algum tempo quero escrever sobre um assunto que me incomoda, desde que mudei para São Paulo, mas que ultimamente tem se tornado tão absurdamente comum, que o incômodo virou indignação. É o fenômeno que eu tomei a liberdade de nomear de “favelados classe média“. Voltando um pouco na História, quando as cidades, estradas e… Ler mais »

  • Pessoal

    Um bom encontro é de dois

    Publicado em por

    Recebi esse texto por e-mail e gostaria de compartilhar. Pode ser piegas em alguns momentos, mas é de uma lucidez necessária para tratar o assunto (não achei que um dia escreveria lucidez e piegas numa mesma frase). Enjoy. —– Aos casados há muito tempo, aos que não casaram, aos que vão casar, aos que acabaram… Ler mais »

  • Pessoal

    Sobre escolhas

    Publicado em por

    Durante toda a nossa vida, nós fazemos escolhas. E são essas escolhas que acabam por definir quem somos e quem pretendemos ser. Escolhas fáceis ou difíceis, sofridas ou alegres, rápidas ou bem demoradas. Até mesmo quando não decidimos nada – para não sermos obrigados a escolher – estamos fazendo uma escolha: a da omissão. De todas… Ler mais »

  • Pessoal

    Uma amiga Joaninha nada secreta

    Publicado em por

    Em uma brincadeira de fim de ano passada, eu tirei a Lúcia Freitas, também conhecida como Joaninha por conta de seu blog mais famoso Ladybug Brazil. Agora foi a vez da Joaninha me tirar no amigo secreto ;-). Que legal, hein? E eu fiquei muito feliz em receber (beeeem atrasado por conta de duas viagens… Ler mais »

  • Pessoal

    O papel de cada um

    Publicado em por

    Você já parou para pensar que as pessoas exercem um papel na vida umas das outras? Parece simples, por vezes simplório, pensar dessa forma, mas vamos fazer um pequeno esforço nesse raciocínio. Siga o meu e compartilhe o seu nos comentários. Em muitos momentos, questionamos sobre a brevidade das relações. Um chefe que aparece em… Ler mais »

  • Pessoal

    Ontem fui rio. Amanhã serei mar. Hoje sou Pororoca.

    Publicado em por

    Quando soube que 2010 seria um ano de grandes mudanças, eu, que não acredito muito nessa coisa de horóscopo e coisa e tal, fui um pouco descrente. Ainda mais por saber que os últimos anos já foram de grandes mudanças. Separação, mudança de estado, mudança de trabalho, mudança de foco de trabalho, outra mudança de… Ler mais »

  • Pessoal

    O tempo é fruto de nossa imaginação

    Publicado em por

    Hoje recebi um texto por e-mail e – como acontece muito raramente – resolvi repassar, com comentários. O texto é atribuido a Airton Luiz Mendonça, como um artigo publicado n’O Estado de São Paulo e, pelo visto, já é meio antigo. Me levou a refletir bastante sobre a relatividade do tempo, esse fator tão elástico… Ler mais »